Pulso - Cardiologia Plena

Cardiologia Intervencionista

A Cardiologia Intervencionista é um conjunto de procedimentos intervencionista cirúrgicos para estudar a hemodinâmica cardíaca e arterial com a finalidade de efetuar um diagnóstico e tratamento de cardiopatias e arteriopatias.

No entanto podemos ter uma avaliação hemodinâmica com exames não invasivos como o ecodoppler e a cintilografia miocárdica, se bem que os resultados sejam menos precisos. O ecodoppler venoso é um exemplo de um exame não invasivo para estudar a hemodinâmica venosa e não há exame invasivo que o possa subtituir (a flebografia é obsoleta e a pletismografia gasosa é usada para fins de investigação científica).

A Cardiologia Intervencionista utiliza o cateterismo, prática que introduz finos cateteres nas artérias , possibilitando assim o diagnóstico pela medição de pressões e gradientes de pressão e por introdução de contraste radiológico. Possibilita também tratar estenoses das válvulas cardíacas, isquemias coronárias pela desobstrução mecânica do vaso (angioplastia) bem como a introdução de próteses (stent) que impeçam a reestenose e mesmo o tratamento não cirúrgico de alguns aneurismas da aorta.

Wikipédia


 

Cardiologia Clínica


 

Risco Cirúrgico


 

Marcapasso


 

Ritmologia

Pulso - Cardiologia Plena
Pulso - Cardiologia Plena