Pulso - Cardiologia Plena

Pane no coração fisga cada vez mais mulheres

Foto Divulgação
Matérias
Recentemente, a American Heart Association, uma das mais importantes associações de cardiologia no mundo, adotou um vestido vermelho como símbolo de uma campanha de prevenção. O motivo? O crescimento assustador das doenças cardiovasculares entre as mulheres, um público que, até então, perdia em importância para os homens nesse tipo de problema. Por lá as doenças cardiovasculares matam 500 mil mulheres a cada ano e estão no topo da lista das causas de morte nelas acima, inclusive, do câncer de mama.

O fato é que o típico perfil de risco está deixando de ser o homem, com mais de 40 anos, fumante e obeso. Antigamente não se valorizava a mulher nesse contexto , reconhece Bráulio Luna Filho, presidente da Socesp, a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Mas elas tendem a sofrer dessas doenças mais tarde, por volta dos 60 anos, e com mais gravidade , diz. Algumas estimativas apontam até que o número de mulheres mortas em

função dessas doenças pode até passar o dos homens, pelo menos nos Estados Unidos. Acredita-se que as mudanças no estilo de vida estão empurrando as pessoas, cada vez mais cedo e sem distinção de sexo, a engordar as estatísticas desses males.

No público feminino um fator de grande preocupação é o nível de HDL, o famoso bom colesterol. Nelas, essa molécula desempenha um papel fundamental: como suas taxas são normalmente maiores do que nos homens, quando os níveis despencam soa um alarme. Essa queda simplesmente dobra os riscos de um infarto. É por isso que as taxas femininas devem estar acima de 50 -- e não de 40, como o recomendado para eles. E nessa tarefa os melhores aliados são os exercícios. A atividade física aeróbica, como natação, caminhada ou corrida, consegue de fato aumentar esses números. A dieta, por sua vez, tem um papel mais limitado nesse quesito.

Dieta
Alimentar bem o seu coração é um jeito poderoso de reduzir e até eliminar os fatores de risco. Adotar uma nutrição saudável para o coração ajuda a reduzir o colesterol total e o LDL (o mau colesterol), baixar a pressão, reduzir os níveis de açúcar no sangue e emagrecer. Enquanto a maior parte das dietas só lhe diz o que NÃO comer (normalmente suas comidas favoritas!), uma correta nutrição lhe ajuda a prestar atenção naquilo que você PODE comer. Pesquisas têm mostrado que adicionar comidas saudáveis ao coração é tão importante quanto cortar outras. Aqui estão algumas estratégias de redução de risco:

Coma mais peixes: Ótima fonte de proteínas e outros nutrientes. Contém ômega 3, substância que ajuda a reduzir o risco de doenças no coração e infarto
Coma mais vegetais, frutas, farinhas integrais e legumes
Controle a quantidade de gordura que você ingere, comendo o mínimo possível de gorduras saturadas e trans
Coma vários tipos de proteína e na quantidade certa. Balanceie proteína da carne, do frango do peixe e até dos vegetais
Alimente seu corpo regularmente: Pular refeições acaba levando ao exagero. Tente comer de cinco a seis vezes ao dia. Isso controla a quantidade de açúcar no sangue, queima gordura e ainda controla os níveis de colesterol
Reduza o sal: Isso ajuda no controle da pressão
Exercite-se: As atividades fortalecem seu coração, melhoram o fluxo sanguíneo, aumentam o bom colesterol (HDL) e ajudam no controle do peso e do nível de açúcar no sangue.




Minha Vida


 

Institucional


 

Venha agendar uma consulta na Pulso Cardiologia!!


 

Todos os truques para baixar o colesterol


 

Institucional


 

Como manter a saúde do coração?


 

9 dicas de saúde para mulheres!


 

Dicas para alimentação na ceia de Natal.


 

5 sintomas de problemas na tireoide.


 

Institucional


 

Dicas para Prevenir a Hipertensão.


 

Aqui fazemos o melhor para nossos pacientes.


 

Institucional


 

Duas dicas para manter a mente sã na velhice.


 

Quando ficamos mais velhos precisamos nos exercitar menos?


 

Quais os Sintomas de Diabetes tipo dois.


 

Institucional


 

Institucional


 

A Qualidade do sono na terceira idade.


 

Adote 12 medidas para proteger a saúde do coração


 

Consumo de refrigerante dietético é associado ao aumento da gordura abdominal.


 

Institucional


 

Alimentos Que Ajudam a Equilibrar os Hormônios.


 

11 sintomas do metabolismo lento: aprenda a identificar


 

Atividade física e cuidos importantes.


 

Como Posso Saber se Estou Diabético?


 

Peso corporal é uma das medidas mais importantes.


 

Institucional


 

Saiba o que são arritmias cardíacas e aprenda como tratá-las


 

Criatividade na Cozinha.


 

Sete dicas para baixar o nível de triglicérides do sangue

Pulso - Cardiologia Plena
Pulso - Cardiologia Plena